Mallence Bart-Williams

– Justiça Social, Escritora e Cineasta

Mallence estudou Economia e Finanças em Paris, Singapura e no Reino Unido. Hoje, vive em vários locais e está envolvida em várias start-ups no continente africano, além de produzir uma linha holística de cuidados corporais na Ásia.

Mallence é a fundadora e directora criativo do colectivo criativo Folor Unsho, de Freetown, uma “sharity” (instituição de caridade), que tirou jovens sem-tecto das ruas e levou-os para a escola, aproveitando a sua criatividade, sem uma única doação.

Em 2017, Mallence fundou o Freetown Flood Educational Fund (Fundo Educacional de Enchente de Freetown, em português), que fornece educação a 99 sobreviventes órfãos das enchentes e deslizamentos de terra em 2017, na Serra Leoa.

Como uma crítica instigante, as suas notas-chave durante conferências no TEDxBerlin, Universidade de Oxford, Universidade de St. Gallen e Universidade da Namíbia, entre outros, promovem conversas sobre a justiça social e desafiam o status quo comum.

Devido às suas raízes transculturais, ela percebe-se como uma ponte que liga dois mundos vastamente diferentes. A sua experiência diversificada permite que ela veja soluções criativas para problemas comuns no meio de contrastes culturais.

A sua recente iniciativa Africa Idea Factory (Fábrica de Ideias Africana, em português) oferece aos inovadores africanos uma plataforma que promove ideias como um agente de mudança para transformar o continente africano.